Rondônia, 20 de junho de 2024
O Minuto Notícia ×

Conforme publicação feita nesta quarta, pelo Diário da Justiça Ivo Cassol continua inelegível

Ex-governador de Rondônia foi condenado por improbidade administrativa, quando era prefeito em Rolim de Moura.

Autor:
Ex-governador e ex-senador Ivo Cassol, quando estava no Senado Federal. Foto: Da Assessoria.

Nesta quarta-feira, 09 de junho, mais uma página da atual situação/condição política, do ex-governador e ex-senador Ivo Cassol (PP/RO), foi evidenciada.

Conforme apurado pelo O Minuto Notícia, o Diário da Justiça desta quarta-feira, publicou o “Acórdão” que manteve a condenação de Ivo Cassol, por improbidade administrativa, quando era prefeito de Rolim de Moura.

Fraudes em licitações foram descobertas e impediram que o político fosse candidato a reeleição para o cargo de senador e, agora, podem tira-lo do páreo para a disputa ao cargo de Governador de Rondônia.

Em resposta a publicação e divulgação da situação de Cassol e de outros políticos feita pela justiça, a defesa do político disse que, “a atual decisão é específica e não enseja inelegibilidade”.

Mas conforme o Diário Oficial da Justiça, Ivo Narciso Cassol, “por força de sentença criminal imposta pelo Supremo (STF), não detém, ‘por ora’, os requisitos legais para disputar eleições”.

Segundo informações, Ivo Cassol favoreceu a época, a vitória em processos licitatórios das empresas JK Construções e Terraplanagens Ltda, Construtel Terraplanagem Ltda e Strada Construções e Incoporações Ltda (que não recorreu).

As empresas citadas teriam participado de licitações na “modalidade carta convite”. As obras que concorriam seriam a construção de quadras poliesportivas na zona rural de Rolim de Moura, na Zona da Mata, onde Ivo Cassol era prefeito. O valor é de R$ 149.650,00.



Compartilhar


Veja Também

Deixe um Cometário