Rondônia, 27 de maio de 2024
O Minuto Notícia ×

Cruzar a BR-364, em Jaru, RO durante horário de pico é praticamente uma aventura, devido ao movimento de veículos

Em três horários específicos, as 07h, 12h e 18h, o tráfego é muito intenso nas avenidas Rio de Janeiro, Florianópolis e Afonso José.

Autor:
Imagem de acidente grave, no cruzamento da Afonso José com BR-364, perímetro urbano de Jaru. Foto: Arquivo Portal P1

É buzina, confusão, veículos na contramão, barulho, irritação, xingamentos, reclamação, perigo e seja o que Deus quiser, em três avenidas, em específico que cruzam a BR-364, ligando a cidade de um lado ao outro, em Jaru (RO).

Fica assim o tráfego em horário de pico, com maior movimentação de veículos automotores, nas avenidas Rio de Janeiro, Florianópolis e Afonso José, devido à falta de planejamento do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte Terrestre (Dnit), para o trecho urbano da rodovia no perímetro urbano.

As 7h, 12h e 18h, a movimentação é muito maior que no restante do dia. Vale citar que devido a suspensão das aulas em 2020/2021, o movimento nesses cruzamentos, tem sido bem menor, mas não deixa de provocar todo o tipo de estresse, perigo e registra quase toda semana acidentes que vão de leves até graves.

Condutores impacientes, pessoas que pensam que a faixa de pedestres desativa e/ou para os veículos de forma automática e muita falta de educação de trânsito, somam para números elevados de pessoas estressadas e propícias a sofrer e/ou provocar acidentes nesses cruzamentos em especifico.

Os canteiros da BR-364, perímetro urbano em Jaru, são cuidados pela prefeitura.

Quem é que nunca passou até dez minutos aguardando o movimento de veículos de todos os tipos e tamanhos diminuir num desses cruzamentos e quase foi abalroado por outros veículos em Jaru? Os motociclistas se destacam nas infrações de trânsito. Eles são os mais impacientes, talvez até pela facilidade de colocar o veículo nos espaços mais curtos, inclusive na contramão.

O Dnit não tem planos para tão cedo. Ao que tudo indica, só teremos melhorias, quando houver a duplicação da ponte, obra que tem investimentos de mais de R$ 20 milhões, emenda do deputado federal Lúcio Mosquini (MDB). O exército já está fazendo apontamentos e o trabalho tem estreitado o trânsito e piorado nos três horários de pico.

Há quem diga que a BR-364 será privatizada e a empresa que assumir terá de solucionar num espaço curto de tempo, todas essas dificuldades, que são constatadas em Presidente Médici, Ouro Preto do Oeste, Jaru e Candeias do Jamari, segundo levantamento do Jornal Eletrônico O Minuto Notícia.



Compartilhar


Veja Também

Deixe um Cometário