Rondônia, 12 de abril de 2024
O Minuto Notícia ×

Delegado Salomão Matos detalha ação da Polícia Civil de Jaru, RO na apreensão de equipamentos furtados de hospital

Suspeito não foi preso por não ter sido flagranteado. Investigação de campo do SEVIC levou a autor do crime, que é de Ji-Paraná.

Autor:
Suspeito foi localizado, mas não foi preso, por não ter sido flagranteado. Foto: SEVIC Jaru

Na noite desta sexta-feira, 23 de julho, o delegado Salomão Matos falou com a equipe da Massa FM Jaru 91.1 Mhz e Jornal Eletrônico O Minuto Notícia, sobre o furto do respirador mecânico e um desfibrilador, do hospital municipal Sandoval de Araújo Dantas, na última quinta-feira, 22 de julho.

Conforme o delegado, a investigação de campo, feita pelo Serviço de Vigilância, Investigação e Captura da Polícia Civil (SEVIC), foi responsável por localizar os equipamentos, em Ji-Paraná (RO).

“Descobrimos essa manhã de sexta-feira, a autoria, através de investigações de campo, pesquisas e análises das imagens e comparações, depois descobrimos que o suspeito mora em Ji-Paraná. Fiz representação por busca e apreensão, o juiz autorizou as buscas ainda na sexta, então na tarde ainda cumprimos o mandado, localizando parte dos equipamentos furtados”, disse Salomão.

Sobre o furto

Ocorre que na quinta-feira, 22 de julho, por volta das 18h00, um homem que usava um ‘crachá’ em nome de ‘Paulo André’, da empresa’ MedSystem’ chegou a unidade hospitalar em Jaru, para supostamente dar assistência técnica aos equipamentos. Cerca de duas horas depois de ter tido acesso a unidade, saiu com o respirador mecânico e um desfibrilador pela porta da frente.

A primeira informação é de que o suspeito havia fugido num veículo da marca GM, modelo Ágile, mas o delegado Salomão e sua equipe, localizaram na garagem do suspeito em Ji-Paraná, um automóvel da marca Ford, modelo Fiesta, de cor prata e placas NBW-7256.

Durante as buscas, os investigadores encontraram o respirador mecânico. Não foi localizado o desfibrilador. A Polícia Civil continua fazendo diligências para localizar e recuperar esse equipamento. Também foram localizadas as roupas, crachá e os calçados usados pelo suspeito.

O delegado Salomão alerta que a pessoa e/ou empresa flagrada com o equipamento, vai responder por crime de receptação, previsto no artigo 180 do Código Penal.

“Aconselhamos quem comprou procurar uma Delegacia da Polícia Civil para devolver. E quem tiver informações pode repassar pelos telefones 3521-5206 e 197, a identidade será preservada em sigilo”, disse o delegado.

Imagens, inclusive, em vídeos foram feitas pelos investigadores na residência onde o homem, o carro e o respirador foram encontrados.



Compartilhar


Veja Também

Deixe um Cometário