Rondônia, 26 de maio de 2024
O Minuto Notícia ×

Jornalismo precisa se comprometer na busca pela verdade e não divulgar boatos, para evitar tumultuar, ao invés de informar

Corrida de motoristas a postos de combustíveis, não seria por causa de caos divulgado em falácias, mas para abastecer e se preparar para carreata, em Jaru, nesta terça.

Autor:
Posto de combustível disse que houve aumento da procura. Mas sem qualquer menção de fechamento.

A informação disseminada de que postos de combustíveis fechariam no 7 de setembro, em Jaru (RO), foi boataria, falta de compromisso com a informação, ou a falta de ética de quem deveria apurar melhor os fatos e não o fez?

É uma indagação que deve conservar-se na cabeça de quem costuma ler apenas as manchetes das notícias compostas por periodistas do nosso tempo – geração –, não se atentando ao conteúdo, que é o único responsável por mostrar, fazer notar, fazer saber, informar, noticiar e somente através dele – do conteúdo – é possível ter ciência do que de fato ocorre, ocorrerá ou já ocorreu.

Muitas pessoas que estavam nas filas dos postos de combustíveis nesta segunda-feira, 06 de setembro a fim de abastecer seus veículos, disseram que estavam se preparando para a carreata que está prevista para esta manhã de terça-feira, 07 de setembro, Feriado Nacional da Independência do Brasil e, não por causa de fechamento de postos, rodovias federais, insuficiência de combustível e outras situações fanfarreadas de maneira contraditória, desatinada, por quem deveria polir melhor as notícias do aplicativo whatsapp.

Após 199 anos de libertação da coroa portuguesa, o nosso país enfrenta um momento acrimonioso, em que forças dos Poderes, Judiciário, Executivo e Legislativo, se arrostam, se acaroam e o povo é quem padece as sequelas com aumento gradativo da inflação, da falta de políticas públicas que defendam os mais pobres e por conseguinte, melhore as condições de vida da população como um todo.

 

O pior de tudo isto, é viver a mercê de uma imprensa alienada, disseminadora de embustes, de balelas, enquanto o papel do jornalismo sério, deve ser o de corroborar com responsabilidade, com ética e moral, com pacto e empenho, mas infelizmente o que vemos é uma quantidade de ‘infantes’ de um periodismo sem qualquer destes requisitos, mal/mau escrito e mal/mau redigido – quem puder entenda –, não apenas com erros gramaticais da prestigiosa e intricadíssima língua portuguesa, mas com claudicações e dubiedade, atualmente uma prática tão comum por quem busca mais acessos na grande rede, o mundo da internet.

Nenhum dono de posto de combustível procurado, confirmou qualquer fechamento de estabelecimentos do gênero. As autoridades, dentre elas a Polícia Rodoviária Federal, não confirmou qualquer fechamento de rodovias federais. A PM não se pronunciou sobre nada disto também.

Por favor, leiam além das manchetes dos jornais, por favor. O jornalista Nilson Lage foi um importante pesquisador do jornalismo brasileiro.
Lage escreveu livros que são referência no estudo do tema, incluindo “A reportagem: teoria e técnica de entrevista e pesquisa jornalística”, “A linguagem jornalística”, “Teoria e técnica do texto jornalístico” e “A estrutura da notícia”.

Ao que tudo indica, alguns que realçam notícias que na verdade são boataria, não conhecem os títulos supracitados.

 

Autor: Nelson Salim Salles

As fotos são de Wesley Vieira 



Compartilhar


Veja Também

Deixe um Cometário