Rondônia, 22 de maio de 2024
O Minuto Notícia ×

Procuradoria do DF abre investigação criminal sobre Covaxin

Medida foi tomada nesta quarta-feira (30). Documento é assinado pelo procurador Paulo José Rocha Júnior

Autor:
Na imagem, dose da vacina Covaxin
ADNAN ABIDI/REUTERS

A Procuradoria da República no Distrito Federal instaurou, nesta quarta-feira (30), procedimento investigatório criminal para apurar a compra da Covaxin, vacina indiana contra a covid-19.

O documento, ao qual o R7 Planalto obteve acesso, é assinado pelo procurador Paulo José Rocha Júnior.

“Apurar, especificamente, supostas irregularidades na celebração do Contrato n° 29/2021, pactuado entre a empresa Precisa Medicamentos, sócio-administrador Francisco Emerson Maximiano, a qual representa, no Brasil, o laboratório indiano Bharat Biotech, fabricante da vacina contra a covid-19 Covaxin, com o Ministério da Saúde para entrega de 20.000.000 (vinte milhões) de doses de Covaxin, até 70 (setenta) dias após a assinatura do contrato”, diz o documento.



Compartilhar


Veja Também

Deixe um Cometário